NO AR!

Ligou Tocou

Nova Fm

Peça seu sucesso!

OUÇA AGORA!

Hoje, 24 de Maio de 2019

BRs 282 e 158: Sugestões apresentadas em Audiência Pública serão encaminhadas para o Dnit e ao Ministério da Infraestrutura

A obra prevê a construção de 33 quilômetros de terceira pista e seis trevos na BR 282, entre São Miguel do Oeste e Chapecó

14 de Maio de 2019 09:15

Os questionamentos e sugestões apresentados na audiência pública, promovida Comissão de Transportes e Desenvolvimento Urbano, realizada na sexta-feira (10), na Câmara de Vereadores de Maravilha, para debater melhorias e construção de trevos nas rodovias BRs 282 e 158, serão acolhidas pela bancada do Oeste e oficializadas em documentos para serem apresentadas ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) e ao Ministério da Infraestrutura.

De acordo com o vice-presidente da Assembleia Legislativa, deputado Mauro de Nadal, as obras mais reivindicadas incluem a alterações no projeto de construção do trevo no entroncamento das BRs 282 e 158, melhorias nos trevos de acesso a Cunha Porã e Palmitos, de acesso à empresa Aurora em Cunha Porã, de trevos de acesso à Udesc e Unoesc em Pinhalzinho, e implantação de perimetrais em trechos urbanos dos municípios da região. Na audiência, que durou mais de duas horas, prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e lideranças empresariais manifestaram as preocupações com o andamento das obras, que iniciaram em novembro de 2018 e tem a previsão de término em novembro de 2020, além de apresentarem sugestões de alterações nos projetos de adequação e restauração das duas rodovias federais ao representante local do Dnit, Diego Fernando da Silva, que fez uma explanação das obras previstas para serem executadas.

A obra prevê a construção de 33 quilômetros de terceira pista e seis trevos na BR 282, entre São Miguel do Oeste e Chapecó, e restauração e construção de mais dois trevos na BR 158, que liga Maravilha a divisa com o Rio Grande do Sul. Orçada em R$ 158,5 milhões, a obra abrangerá um total de 160 quilômetros de restauração de pista nas duas rodovias, que recebem uma média diária de oito mil veículos, mas segundo o engenheiro Diego Fernando da Silva, ainda podem sofrer alterações nos projetos que estão sendo elaborados pelo Dnit. “Ouvimos as sugestões e questionamentos, agora vamos levar para análise técnica e financeira, depois buscar meios para que elas sejam realizadas”, destaca.

O deputado Mauro de Nadal saiu satisfeito do resultado da audiência pública, que em sua opinião foi realizada no momento certo, devido os projetos finais estarem sendo elaborados. Afirmou que todas as sugestões e questionamentos serão oficializados pela bancada do Oeste e depois apresentados no Dnit em Florianópolis e em Brasília, além de estar previsto audiência no Ministério da Infraestrutura para reivindicar, com apoio do Fórum Parlamentar Catarinense, liberação de recursos para conclusão das obras e para melhorias sugeridas. Para Nadal, é necessário exigir essas melhorias nas obras de recuperação e que elas sejam dignas de tudo o que representa o Extremo-Oeste. “O entroncamento das BRs 282 e 158 é o maior gargalo na nossa região. Precisamos de uma rotatória neste trevo para garantir segurança e possibilitar que o escoamento da produção possa fluir com mais rapidez”, finaliza.

Fonte: Rádio 103 FM

Recomendar correção

CORREÇÕES

voltar