NO AR!

Toca Brasil 1ª E...

Cristian Jr. Luzzi

Peça seu sucesso!

OUÇA AGORA!

Hoje, 14 de Dezembro de 2018

Pinhalense: Os meninos que desafiam o estado com o sonho do futsal

06 de Dezembro de 2018 13:50

 

Pinhalzinho tem pouco mais de 18 mil habitantes, cidade do oeste catarinense formada por um povo aguerrido, de gente amiga e que não desiste dos sonhos. E foi justamente aqui, que nasceu essa vontade de fazer futsal com o nome de Pinhalense. Equipe formada no início por 21 pessoas, 4 goleiros, 13 jogadores de linha, dois integrantes da comissão técnica, e duas pessoas na Linha de frente da Diretoria.

Esse time que veio pra provar, que o impossível é apenas uma questão de ponto de vista. Eles vieram pra ficar, e pra fazer bonito. Fizeram reascender em muitos pinhalenses, o amor pela bola e pelas quadras.

A pinhalense renasceu no início de 2018, depois de uma pausa de nove anos, gerando certa expectativa de algumas pessoas, duvidas em outras e entusiasmo em tantas. E já que um sonho não cai do céu como uma vitória declarada. Você ganha provas e precisa superá-las. E foi isso que eles fizeram.

No primeiro turno do estadual fizeram bonito, a torcida apoiou e comemorou a conquista do título de Campeão do Primeiro turno.

Agora, eles já conquistaram o coração da torcida e um amor que outrora pulsava em 21 pessoas, já ganhou um espeço no peito de 18 mil, que torcem por um final feliz.

No próximo sábado a equipe decide a primeira partida da final geral contra a forte equipe da AGN Capinzal. Devido ao regulamento privilegiar os pontos totais do campeonato, sem a fase de playoff, a Pinhalense jogará a primeira partida em casa. O jogo está marcado para as 20h 30 no Centreventos.

A reportagem da Rádio Nova FM conversou com o técnico Lewis Maté Weschenfelder Heineck, que fez uma avaliação do ano de 2018, e comentou as expectativas para os jogos finais.
“Lá no início de tudo, a gente não diria que esperávamos chegar em uma final. O que tínhamos a certeza é de que trabalharíamos muito pra isso. Mas não tínhamos garantia nem uma, porque a ideia do projeto era reativar ele, com alguns jogadores mais experientes para que conseguissem dar essa tranquilidade e essa ajuda na evolução dos mais novos. Superou nossas expectativas, mas acho que isso só aconteceu pela forma que foi encarado o projeto. As metas básicas no início eram, colocar nossos meninos para jogar, a nossa gente, o nosso povo daqui e reativar o futsal em Pinhalzinho trazendo o nosso público de volta. Hoje em dia posso dizer que conseguimos então um resultado que, independentemente do que aconteça no jogo final , seria muita maldade considerarmos os atletas, ou o projeto como perdedor. A gente já é vencedor. Se vencer o título obvio, muito melhor, estamos trabalhando para isso, queremos muito isso, mas se não conquistarmos o título, já somos campeões pelo ano que fizemos e por tudo que a gente construiu, não só em termos de resultado dentro de quadra”.

O jogo de volta da final geral do Estadual, acontece no dia 15, na casa do adversário.

Com média de idade de 21,3 anos, esses meninos provaram o amadurecimento em quadra.

O Desfecho dessa história ainda é incerto, mas de qualquer maneira eles já nos mostraram que o futsal é feito de sonhos e desafios, e que ele merece ser reconhecido.

 

Fonte: NOVA FM

Recomendar correção

CORREÇÕES

voltar