NO AR!

Ligou Tocou

Fabrício Brandão

Peça seu sucesso!

OUÇA AGORA!

Hoje, 15 de Outubro de 2018

Engenharia Química da Udesc é avaliada como excelente pelo Conselho de Educação de SC

09 de Agosto de 2018 15:59

O curso de Engenharia Química do Centro de Educação Superior do Oeste (CEO), da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) em Pinhalzinho, foi avaliado como excelente pelo Conselho Estadual de Educação (CEE-SC), obtendo o conceito 4,94 (em uma escala de 1 a 5).

O processo de reconhecimento do curso foi feito a partir da visita da comissão avaliadora externa à unidade na terça, 7, e na quarta-feira, 8. A comissão foi composta pelos professores Adriano Bernardin, da Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc), e Vladilen dos Santos Villar, da Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul).

A graduação foi bem avaliada nas três dimensões que compõem a avaliação: organização didático-pedagógica (4,93), corpo docente (5) e infraestrutura (4,90). Para avaliação do corpo docente, em que foi obtido o conceito máximo, são consideradas a atuação do Núcleo Docente Estruturante (NDE), a atuação, experiência e regime de trabalho do coordenador do curso e a titulação dos professores.

Novas instalações

Implantado em 2015, o curso de Engenharia Química desenvolve suas atividades no prédio inaugurado pela Udesc em dezembro do ano passado. Com 2,4 mil metros quadrados, distribuídos em dois pavimentos, a obra custou R$ 4,9 milhões e também abriga a graduação em Engenharia de Alimentos e o Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos.

Para a chefe do Departamento de Engenharia de Alimentos e de Engenharia Química, Darlene Cavalheiro, o conceito reflete a boa estrutura do curso, que está atualmente na sétima fase e formará sua primeira turma em 2020.

Entre os fatores que contribuíram para o resultado, ela cita as instalações físicas, a qualidade e a preparação do corpo técnico, a titulação do corpo docente, o incentivo à produção científica dos professores e os investimentos em obras bibliográficas e na oferta de bolsas para os estudantes.

Segundo Darlene, o conceito também é resultado do envolvimento da comunidade acadêmica e de gestores do centro de ensino e da universidade no processo avaliativo, incluindo a Direção de Ensino de Graduação, a Pró-Reitoria de Ensino (Proen), a Coordenadoria de Avaliação Institucional (Coai) e a Comissão Setorial de Avaliação (CSA).

"Estamos muito felizes e satisfeitos pelo reconhecimento do nosso trabalho, esperamos que esse resultado reflita na demanda pelo curso", afirma a chefe do departamento, que pretende trabalhar os pontos de melhorias apontados pelos avaliadores e buscar as ações e recursos necessários para manter o conceito de excelência.

Sobre o curso

Com duração de cinco anos, o curso de Engenharia Química oferece 35 vagas anuais, com ingresso pelo Vestibular de Inverno da Udesc e pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu). As aulas presenciais ocorrem no período vespertino e noturno.

O engenheiro químico tem por função elaborar, executar e controlar projetos de instalação e expansão de indústrias químicas e também organizar, dirigir e fiscalizar a produção de materiais para a fabricação de produtos químicos.

Os profissionais dessa área são considerados os mais versáteis de todos os engenheiros, pela natureza de sua formação, que combina princípios da matemática, química, física e biologia com técnicas da engenharia.

Fonte: ASCOM

Recomendar correção

CORREÇÕES

voltar